top of page

Prolapso Uretral

O prolapso uretral consiste na saída da camada de mucosa interna da uretra para o exterior. Verificamos a presença do prolapso na ponta do pênis do cão na forma de um tecido vermelho/arroxeado, friável que sangra com facilidade. Muito comum no Bulldog Inglês e no Boston Terrier. Além da predisposição racial, outros fatores podem contribuir para sua ocorrência:

* influências hormonais – principalmente durante a puberdade do cão (7-8 meses);

* aumento da pressão intra-abdominal – típico das raças braquicefálicas e leva a uma maior suscetibilidade aos prolapsos e hérnias;

* infecções urinárias;

* presença de cálculos (pedras) vesicais ou uretrais.

O diagnóstico é realizado pelo exame físico e histórico do paciente. Indica-se coleta de exames de sangue, radiografia e ecografia abdominal, a fim de descartar outras patologias concomitantes. Aqueles pacientes com sangramento excessivo do local devem ser submetidos à cirurgia da correção do prolapso e de castração simultaneamente, assim reduz-se o risco de recidivas. É muito comum a ocorrência de sangramentos da mucosa no pós-operatório, assim indicam-se avaliações veterinárias diárias.

Alguns pacientes não necessitam intervenção no local do prolapso, sendo que a castração é suficiente para controle da patologia. A avaliação veterinária definirá qual a melhor opção de tratamento.

Na rotina clínica, verificamos que cerca de 5% dos cães braquicefálicos machos são acometidos por esse problema.

Foto: via Saúde Animal


Dra. Viviane Dubal – CRMV/RS 8844

Formada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e proprietária da Clinica Veterinária Saúde Animal em Porto Alegre. Contato: vivianesd@bol.com.br

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page