top of page

Nacional Americana reúne cerca de 600 Bulldogs na Pennsylvania


wave1


Carlos Alburquerque do Javary Bulldogs participou e mandou o relato que segue:

“Pelo terceiro ano consecutivo, tive o prazer de comparecer a maior exposição de Bulldogs no mundo: a Nacional Americana. Organizada anualmente pelo Bulldog Club of America, que teve sua fundação em 1890, agora em 2008, o local escolhido foi a cidade de Reading, a cerca de 150km a oeste da cidade da Filadélfia, no estado americano da Pennsylvania. Ao todo foram 593 inscritos, número que só não impressiona mais do que a qualidade dos cães em pista: Bulldogs maravilhosos, de muita qualidade!

Já estive em duas Mundiais da Raça e nada se compara a Nacional Americana. Mesmo a grandiosa CRUFTS, considerada a maior exposição de todas as raças no mundo, leva tantos Bulldogs para pista (lá são cerca de 200 Bulldogs, a cada edição). Por tanto, por 7 dias Reading se transformou, de fato e de direito, na capital mundial do Bulldog.

Tradicionalmente a Nacional é realizada na semana do Thanksgiving (Dia de Ação de Graças) e para todos criadores de lá, este grande feriado norte-americano vira sinônimo de Bulldog. Além dos principais criadores dos EUA, havia também criadores dos seguintes países: México, Canadá, Inglaterra, Austrália, Chile, China e Brasil.

Entre diversos eventos, que não só as exposições, destacaram-se: palestras educativas sobre o padrão da raça, palestras sobre saúde do Bulldog, galeria de arte com quadros dos vencedores das Nacionais desde a década de 70, leilões de objetos ligados ao Bulldog, desfile de Bulldogs fantasiados, competição de obediência, jantares comemorativos, etc. Além disso, para nós “bulldogmaníacos” havia uma tentação: diversas lojinhas com tudo que se pode imaginar sobre o tema Bulldog, desde coleiras, adesivos e camisetas até tapetes, quadros e objetos decorativos.

Para nosso orgulho pela primeira vez na história das Nacionais, um Bulldog do Brasil esteve participando e o melhor: destacando-se! Javary Wave, ou  simplesmente “Wave”, de apenas 11 meses de idade, saiu do Rio de

Janeiro com um calor típico do mês de novembro e foi direto para o frio. Em nossa primeira noite em Reading, dia 20 de novembro, encaramos logo uma neve, mas o Wave nem se importou e adorou brincar do lado de fora do Hotel. Wave, atualmente o Bulldog Jovem nº 1 do Brasil, respresentou muito bem nosso País e classificou-se nos três dias da pré-Nacional, realizada pelo Kennel Clube da Filadélfia, e transmitida para todo os EUA pela rede de televisão NBC. Depois, já na Nacional, na exposição chamada de “Sweepstakes”, Wave foi apresentado por nossa amiga Nikki Bermea (do Canil Just Lonestar) e “subiu ao pódium”, novamente, obtendo um importante segundo lugar, entre 15 Bulldogs, todos de 9 a 12 meses de idade. O juiz neste dia foi o criador Sr. Dan Karshner, do famoso Canil Little Pond.

Entre os Campeões americanos (havia cerca de 100 inscritos nesta classe, entre machos e fêmeas) saíram os maiores vencedores da Exposição: O Reserva da Raça foi o macho Ch. Silverspoon Nothing Personal (nº 1 do ranking americano em 2007. Proprietários: Mary Aiken e Rick Sturiza) e a grande vencedora da Nacional (Melhor da Raça) foi a fêmea Major League´s Show Me The Babe (Proprietários: Harrold e Teresa McDermott e Trudy e Dewayne Coleman). A juíza, neste dia, foi a Sr.a Liz Karshner, também do Canil Little Pond.

Espero que o nosso Wave tenha aberto caminho para que mais Bulldogs do Brasil participem e brilhem, em solo estrangeiro, mostrando que a criação nacional está em franca evolução. Até o ano que vem, em Kansas City!”

Muito obrigado Carlos, são experiências como esta que enriquecem o conteúdo do Bullblog. Obrigado por compartilhar conosco!!



Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page